); ga('send', 'pageview');

Entrada Livre no Teatro Nacional D. Maria II este fim de semana

ENTRADA-livre-teatro-lisboa-antigona

Entrada livre é uma festa do pensamento que dura dois dias e celebra o reencontro do Teatro com o público em um programa a não perder

Neste fim de semana, nos dias 14 e 15 de setembro, a partir das 11 horas, o Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, recebe o público com espetáculos, exposições de arte, música e lançamento de livros para a festa Entrada Livre.

Todo o programa faz jus ao nome da festa. Com entrada livre, bastando apenas reservar previamente para bilheteira@tndm.pt, sendo um máximo de 4 bilhetes por pessoa, sujeito à lotação disponível.





No sábado (14), a bilheteira abre uma hora antes do espetáculo infantil A CAMINHADA DOS ELEFANTES, com encenação de Miguel Fragata e texto de Inês Barahona, que será apresentado na Sala de Cenografia, para distribuição de bilhetes.

Pelas 18 horas, o Capitólio – Parque Mayer recebe o espetáculo PUR PRÉSENT, de Olivier Py. Um Espetáculo falado em francês com legendas em português, sobre três pequenas tragédias do mundo de hoje em que os personagens se desafiam para tentar responder à questão: como viver dignamente? Composta de três partes, Pur Présent recorda as tragédias de Ésquilo que Olivier Py traduziu e agora produz ao fim de dez anos.

Pelas 20 horas, em simultâneo, ocorre o espetáculo ANTÍGONA, com encenação de Mónica Garnel, na Sala Garrett, e Colecção de Artistas – uma coleção que se ocupa de cada artista, das suas práticas e ferramentas de trabalho, bem como dos seus pensamentos e biografias, de Raquel André, na Sala Estúdio.

Além do próprio teatro, o programa ocupará também o Capitólio (Parque Mayer) e a Sala do Rei, na estação de comboios do Rossio, com a III edição Laboratório de Escrita para Teatro, e concerto na Varanda do Largo de São Domingos, pelas 21h30, com Selma Uamusse.




14 setembro

Sala de Cenografia, 11h

A CAMINHADA DOS ELEFANTES

encenação Miguel Fragata
texto Inês Barahona
m/6
Quando o homem morre, os elefantes fazem uma caminhada misteriosa a sua casa, para lhe prestar uma última homenagem: não era um homem qualquer, era um deles. Um espetáculo que reflete sobre o fim, que é um mistério para todos nós, crianças ou adultos.

Necessária reserva prévia para bilheteira@tndm.pt; máximo de 4 bilhetes por pessoa. Sujeito à lotação disponível. A bilheteira irá abrir, neste dia, às 10h, para distribuição de bilhetes para este espetáculo.

 

Capitólio – Parque Mayer, 18h

PUR PRÉSENT

de Olivier Py
Espetáculo falado em francês com legendas em português
Três pequenas tragédias sobre o mundo de hoje em que os personagens se desafiam para tentar responder à questão: como viver dignamente? Composta de três partes, Pur Présent recorda as tragédias de Ésquilo que Olivier Py traduziu e agora produz ao fim de dez anos.

 

Antigone donnant la sépulture teatro nacional entrada livre
Sebastien Norblin, “Antígona dando o enterro a Polynice”, 1825, óleo em tela.

 

Sala Garrett, 20h

ANTÍGONA

encenação Mónica Garnel
m/12
A partir do texto Antígona, de Sófocles, e de uma cidade que vai adoecendo, propõe-se criar um espetáculo que procura a vertigem, abordando um texto clássico na sua atualidade, por um lado, e na sua humanidade, por outro. Pode o humano mudar o destino? Devem os direitos humanos sobrelevar os direitos do poder instituído? O que é afinal a justiça?

 

Sala Estúdio, 20h

COLECÇÃO DE ARTISTAS

de Raquel André
É possível, através de um momento de criação de um artista, ter acesso ao artista? Ter acesso à sua história? Colecção de Artistas é uma coleção que se ocupa de cada artista, das suas práticas e ferramentas de trabalho, bem como dos seus pensamentos e biografias.





Salão Nobre Ageas, 14h30 e 17h30
Sala do Rei (Estação do Rossio), 16h

LEITURAS ENCENADAS

III edição Laboratório de Escrita para Teatro

1ª Ordem, 16h

VISITA GUIADA À EXPOSIÇÃO “JOSÉ MARQUES: FOTÓGRAFO EM CENA”

Lotação máxima 30 pax

Átrio, 16h30

LANÇAMENTO DE LIVROS

Abílio de Mattos e Silva, de Eunice Tudela de Azevedo

Varanda do Largo de São Domingos, 21h30
CONCERTO NA VARANDA

SELMA UAMUSSE

 

15 setembro

Sala de Cenografia, 11h

A CAMINHADA DOS ELEFANTES

encenação Miguel Fragata
texto Inês Barahona
Espetáculo Infantil
m/6
Necessária reserva prévia para bilheteira@tndm.pt; máximo de 4 bilhetes por pessoa. Sujeito à lotação disponível. A bilheteira irá abrir, neste dia, às 10h, para distribuição de bilhetes para este espetáculo.

Capitólio – Parque Mayer, 18h

PUR PRÉSENT

de Olivier Py
Texto e direção Olivier Py
Cenografia baseada em ideias de Pierre-André Weitz
Assistente de encenação Neil-Adam Mohammedi

 

Sala Garrett, 20h

HISTÓRIA DA LOUCURA NA ÉPOCA CLÁSSICA DE FOUCAULT

Direção de Angélica Liddell
m/18
Espetáculo final do projeto École des Maîtres.

 

Sala Estúdio, 20h

COLECÇÃO DE ARTISTAS
de Raquel André

Sala do Rei (Estação do Rossio), 14h30
Salão Nobre Ageas, 16h

LEITURAS ENCENADAS

III edição Laboratório de Escrita para Teatro

1ª Ordem, 15h

VISITA GUIADA À EXPOSIÇÃO “JOSÉ MARQUES: FOTÓGRAFO EM CENA”

Lotação máxima 30 pax

Salão Nobre Ageas

LANÇAMENTO DE LIVROS

17h30 – Lançamento do livro “Laboratório Escrita para Teatro. Textos 2018/19”, com coordenação de Rui Pina Coelho.

18h30 – Preparação do Ator do seu Processo Criador de Encarnação (Vol. II), de Konstantin Stanislávski

Átrio, 21h30 – 01h

FESTA DE ENCERRAMENTO DA FESTA ENTRADA LIVRE NO TEATRO