); ga('send', 'pageview');

Operação Night Watch

Rembrandt e sua obra “Night Watch” (Ronda Noturna), voltam a destacar-se no mundo das artes através de um projeto ambicioso e inovador do Rijksmuseum.

Iniciada em 8 de julho de 2019, a Operação Night Watch promete uma imersão única na obra do mestre da pintura, Rembrandt. O Rijksmuseum inaugurou o maior e mais abrangente projeto de pesquisa e conservação da história da obra Night Watch do pintor holandês. O objetivo do projeto é a preservação a longo prazo da pintura. Toda a operação ocorrerá em uma câmara de vidro especialmente projetada para que o público visitante possa assistir o trabalho de restauro, seja presencial ou pela internet.

Rembrandt Harmensz. van Rijn, Militia Company of District II under the Command of Captain Frans Banninck Cocq, Known as the ‘Night Watch’, 1642. Rijksmuseum, Amsterdam. On loan from the City of Amsterdam

Encomendado em 1642 por Frans Banninck Cocq, prefeito e líder da guarda cívica de Amsterdão, a Night Watch é reconhecida como uma das mais importantes obras de arte no mundo. Em 1975 a obra sofreu um ataque, o que resultou em uma grande restauração, a última feita na pintura. Ao completar 40 anos de seu último restauro a Night Watch receberá um tratamento especial onde serão aplicadas as mais avançadas de restauro, captura de imagens digitais, pesquisas científicas e técnicas. Ciência da computação e inteligência artificial serão utilizadas para uma melhor compreensão da aparência original da pintura e do estado atual. O resultado da pesquisa será utilizado como alicerce para a elaboração de um plano de tratamento e restauração da pintura. Operação Night Watch promete ficar para a história do Rijksmuseum. O complexo processo de restauro da obra de Rembrandt foi elaborado em detalhes e conta com uma estrutura de vidro instalada ao pé do quadro que permite acompanhar os trabalhos de recolha de informação feitas na obra. A fase de investigação deverá durar cerca de um ano, e serão utilizados scanner com raio-X e infravermelhos, e cerca de 12 mil fotografias para a criação de uma imagem 3D da Night Watch.

“Taco Dibbits, diretor geral do Rijksmuseum: O Night Watch é uma das pinturas mais famosas do mundo. Ela pertence a todos nós e é por isso que decidimos conduzir a restauração dentro do próprio museu – e todos, onde quer que estejam, poderão acompanhar o processo on-line.”

2019, O Ano de Rembrandt

Rembrandt, Self-Portrait, 1659

2019 marca o 350º aniversário da morte de Rembrandt Harmenszoon Van Rijn, ou apensa Rembrandt. Para homenagear a data, o Rijksmuseum organizou duas grandes mostras do artista. A primeira exposição contou todo o acervo de pinturas, desenhos e gravuras de Rembrandt no Rijksmuseum. A segunda exposição, Rembrandt-Velázquez (11 de outubro de 2019 a 19 de janeiro de 2020), colocará o mestre no contexto internacional, a apresentar as obras-primas espanholas e holandesas do século XVII em diálogo entre si. O Rijksmuseum presta homenagem ao mestre Rembrandt, através de um alargado programa de exposições e eventos a não perder.

Link para saber mais detalhes e acompanhar o projeto pela internet
https://www.rijksmuseum.nl/en/nightwatch