); ga('send', 'pageview');

João Tinoco de Freitas, produtor e diretor de cinema, faz anos hoje

HOJE é aniversário de meu pai, João Tinoco de Freitas (Porto, 1908/ Rio de Janeiro,1999).

João Tinoco de Freitas

 

Produtor e Diretor de Cinema, entre seus filmes, Dois Artistas (Portinari e Villa-Lobos,1942), O Rio trabalha (1943), Jorra o aço em Volta Redonda! (1943), A chegada dos Pracinhas (1945), 24 anos de lutas – a História do Partido Comunista Brasileiro (1945), Comício com Prestes (1946), Almas adversas (1948), A mulher de longe (1949), Balança, mas não cai (1953), Rio, 40 graus (1955) e muitos outros que ocupam uma página e meia do livro de Jurandyr Noronha , Os imigrantes no Cinema brasileiro. 

 

Fundou com Ruy Santos, Oscar Niemeyer e Pedro Pomar a Liberdade Filmes – Produtora do Partido Comunista, e fundador da 1a Cooperativa de Produtores no Brasil.

 

Patrimônio Cultural Carioca – João Tinoco de Freitas

 

Em seu apartamento de Copacabana, nos anos 50, reunia ao domingos, para almoços que ele mesmo cozinhava, os amigos Ruy Santos, Nelson Pereira dos Santos, Alex Viany, Genil Vasconcellos e Alinor de Azevedo – o que mereceu uma placa da Secretaria Municipal da Cultura no prédio onde eu também nasci. Em 1998 realizei – por sugestão de Luiz Carlos Barreto – um documentário média em homenagem aos seus 90 anos, para o Canal Brasil. Seu exemplo de integridade, preocupação social, esperança no Brasil e no cinema brasileiro, até hoje a bússola que recebi de herança.

Obrigado !

João Tinoco de Freitas com sua esposa e filha Wanda. (Foto: Ruy Santos