); ga('send', 'pageview');

ROMERO BRITTO E DOLCE & GABBANA JUNTOS!

m_monteiro_005_003
O artista Romero Britto exibe seu terno feito pela grife Dolce & Gabbana imagem: Reprodução/Instagram

Amado e odiado, Romero Britto pode não ser uma unanimidade, mas uma coisa é certa, seu talento, questionável ou não, o levou a patamares de celebridade no mundo das artes. Na minha humilde opinião, o trabalho de Romero Britto é algo a ser reconhecido e valorizado. Não por conta da seu estilo e grafismo propriamente dito, mas por sua capacidade produzir arte comercial e popular, por ser aceito e agradar os mais diferentes públicos, e por levar a arte brasileira e lusófona para as manchetes ao redor do planeta.

m_monteiro_005_004
Terno do artista brasileiro Romero Britto feito pela grife Dolce & Gabbana imagem: Reprodução/Instagram

Romero surpreende por sua convicção e manter seu estilo, mesmo parecendo repetitivo, o artista consegue se recriar e está sempre envolvido em projetos e trabalhos de importante repercussão midiática. Sua ultima cartada foi a criação em parceria com a grife italiana de alta costura Dolce & Gabbana. A super marca de moda criou com Britto um terno pra lá de questionável no ponto de vista da estamparia. Não por ser uma estampa do Romero Britto, mas por ser um extremamente extravagante. Mas, o corte e o estampado clássico no estilo Romero Britto, não fazem feio, ao contrário, apesar de pouco usual, ao menos para o meu gosto, o terno é uma peça interessante do porto de vista artístico. Parabéns Romero Britto, mais uma vez vc vai “causar” no mundo das arte, estendendo agora ao mundo da moda.

m_monteiro_005_002
O artista Romero Britto exibe seu terno feito pela grife Dolce & Gabbana em Londres imagem: Reprodução/Instagram

A quem goste de Romero Britto, a quem não, eu continuo a respeitar a obra do artista, não compraria o terno, mas escreveria algo sobre! 😉

Coluna – Marco Monteiro 
Marco Monteiro, brasileiro, Natal, RN, Brasil, 1975. Artista, designer, arqueólogo, ecritor e pesquisador, autor do livro didático “Artes Visuais – 2º Período” (História da Arte – Editora Geração Digital – Brasil – 2013) co-editor do “Arte351 Magazine”. www.mmonteiro.com

Deixe uma resposta